Projeto de reflorestamento beneficia biodiversidade da região

Tamanho da LetraA+A-

Alunos e professores do curso de Engenharia Agronômica do Centro Universitário Adventista de São Paulo, Unasp, campus Engenheiro Coelho, plantaram cerca de 150 mudas de árvores nativas. O plantio faz parte do projeto de reflorestamento da instituição que busca preservar a biodiversidade regional. A área de cultivo das mudas é de cuidado permanente e protegida por Leis do Código Florestal. O projeto de reflorestamento dentro da universidade tem como objetivo manter a biodiversidade e controlar a erosão do solo e nascentes.

O plantio das árvores tem a função ambiental de preservar os recursos hídricos, a paisagem, a estabilidade geológica, como facilitar o fluxo gênico de fauna e flora, além de proteger o solo e assegurar o bem-estar das populações humanas. Para aplicar o conhecimento teórico oferecido no curso de Engenharia Agronômica, ações como esta são utilizadas como campo experimental pelos universitários.

 

Walter Carvalho, coordenador do curso, lembra que a área escolhida para o plantio foi degrada no passado e por isso se faz importante o reflorestamento. "Essas áreas precisam ser reflorestadas e mantidas como reserva legal em volta de nascente”, comenta.

Quem participou da iniciativa aprovou. O universitário, André Oliveira, conta sobre a gratidão pela oportunidade em contribuir com a restituição de uma área degradada há anos. “O bacana disso tudo é que por ser uma área de preservação permanente, você vai estar plantando uma árvore sabendo que ela vai ficar ali a vida inteira”, destaca.

 

Escrito por Ana Letícia em 05 de abril de 2017